Treino: Qual é a frequência ideal para obter os melhores resultados?

Share Button

Diante da organização do treino, sempre aparece aquela pergunta clássica: Qual é a frequência semanal ideal para obtermos os melhores resultados? Tenho certeza que você se identificou com esta pergunta.

Como sempre, pensamos no “quanto mais, melhor”. Logo, a primeira resposta que vem à mente é: “Todos os dias”. Será isso mesmo?

Em uma pesquisa publicada no Jornal Canadense de Fisiologia Aplicada (2004) , Webber analisou a frequência semanal de 2x e 4x nas respostas sobre massa magra e aumento de força. Os resultados foram: Não houve diferença entre os grupos.

Vale ressaltar que o volume dos treinos foram os mesmos para os dois grupos, porém, o grupo que treinou 2x por semana, malhou todos os exercícios no mesmo dia. Já o grupo que treinou 4x na semana, dividiu o treino em serie (A) superiores e (B) inferiores, em dias separados.

treino agachamento

A pesquisa durou 20 semanas, ou seja, 5 meses, e seus resultados mostram que não precisamos engessar as séries prescritas e que elas podem sofrer adaptações de acordo com sua semana.

Essa flexibilidade nas prescrições (vai treinar mais ou menos vezes na semana) pode mudar todo o parcelamento de acordo com sua necessidade, porém, não vá sair juntando ou separando treinos por aí. A ideia é essa, mas uma coerência no volume dos treinos faz toda a diferença.

E no caso do treino para indivíduos avançados, quais seriam os resultados?

Um estudo de Schoenfeld (2015) abordou a frequência de 4x ou 6x na semana sobre massa magra e força muscular e, já adiantando o resultado, não houve diferença nas duas análises. Os marombeiros piram, né? Vale lembrar que a amostra foi composta por fisiculturistas do sexo masculino (todos foram competidores de elite) e estavam na fase que eles chamam de “off season”, bem específica para ganhos de massa magra. Outro detalhe é que os níveis de testosterona encontravam-se nos seus padrões normais (622 +- 47 ng/ml), ou seja, estavam sem o uso de anabólicos.

Sempre tivemos em mente a hipótese que treinar com mais frequência levaria a um melhor resultado na composição corporal. Porém, adequar uma rotina de treino de acordo com a necessidade individual de cada aluno, está se mostrando um caminho mais eficiente.

Gustavo Mattos

Profissional de Educação Física, Especialista em Reabilitação Cardíaca e Grupos Especiais, e também Personal Trainer. Cref: 2214 G/ES

gordura saudável
Gordura faz bem e deve fazer parte da sua alimentação
fome emocional
Fome Emocional: Você Sabe Identificá-la?
alimentação intuitiva
Alimentação Intuitiva: Ouça seu Corpo e Pare Já Com as Dietas
dieta vegetariana
Dieta vegetariana: mitos e verdades
Aprenda a fortalecer os joelhos com yoga
Déficit de natureza afeta a saúde das crianças
florais de bach
Equilibrando as emoções com florais de Bach
check-up regular
A importância do check-up na prevenção de doenças
pilates e corrida
Pilates e Corrida: uma combinação eficiente
defesa pessoal
Defesa pessoal para mulheres
bike-friendly
Conheça as 20 cidades mais bike-friendly do mundo
tipos de yoga
Tipos de Yoga: Descubra qual combina mais com você
psicoterapia
Psicoterapia Vibracional: reencontre sua essência
3 dicas para transformar um fracasso em oportunidade
alimentos processados
Alimentos processados: por que fugir deles?
Cosméticos: veja como se cuidar sem crueldade
aulas gratuitas de tênis
Aulas gratuitas de tênis em São Paulo
produtos orgânicos com a komborgânica
Produtos orgânicos mais acessíveis com a Komborgânica
Aulas de culinária vegana
Aulas de culinária vegana gratuitas em São Paulo
Cozinha colaborativa
Pague o quanto quiser na cozinha colaborativa da Ecozinha
Ashram Vrajabhumi
Festival de 25 Anos do Ashram Vrajabhumi
Retiro de Yoga e Equilíbrio Emocional na Serra
yoga
Yoga de vários estilos na Conferência Carioca de Yoga
Corrida do Bem
Participe da Corrida do Bem no Rio de Janeiro

Receba nossas newsletters

Cadastre-se para receber as matérias do Leve pra Vida por e-mail.
Nome
E-mail
Secure and Spam free...