Chocolate na Páscoa: Saiba como Aproveitar sem Engordar

Share Button

Páscoa chegando e logo vem no pensamento: reunião em família, brincadeiras, amigo oculto e…Chocolate!

Delícia essa que aumenta a sensação de euforia, bem-estar, alivia aqueles dias ruins de TPM, nos desperta no final de um dia de trabalho, mas também engorda, é rico em açúcar, gorduras e conta com um número infinito de calorias do mal.

E então, como comer chocolate sem engordar?

Para início de conversa vale dizer que a maioria dos produtos que encontramos no mercado brasileiro não são considerados chocolate, visto que não possuem o mínimo de 25% (g/100g) de sólidos totais de cacau, que é a definição oficial de chocolate da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Na verdade, o que temos são doces sabor chocolate. A boa notícia é que também temos excelentes opções para satisfazer a vontade e o prazer de comer chocolate de verdade.

As versões chamadas de funcionais são as que contam com alta concentração de cacau (acima de 70%), fornecendo maior quantidade de nutrientes (mais substâncias antioxidantes) e, normalmente, menor quantidade de calorias, acrescida, ainda, de fibras, termogênicos e proteínas, trazendo inúmeros benefícios para a saúde. O cacau possui substâncias antioxidantes (flavonóides, epicatequinas e ácido galático) e estimulantes (cafeína e a teobromina), que ajudam na saúde vascular, protegem as células contra degenerações causadas por tumores, aumentam a sensação de prazer e relaxamento, auxiliam no tratamento de sintomas de ansiedade e Tensão Pré-Menstrual, ajudam no controle da saúde do coração por inibir uma enzima que eleva a pressão arterial, contribuem para diminuir o colesterol ruim (LDL) e melhoram o fluxo sanguíneo, diminuindo a tendência de coagulação das plaquetas e de obstrução dos vasos.

Para quem tem algum tipo de restrição, o mercado também oferece versões sem açúcar, sem glúten e sem lactose. Normalmente, as versões com alto teor de cacau também não possuem alguns desses ingredientes, porém, vale uma leitura atenciosa no rótulo. Uma alternativa? A alfarroba.  Tem cara de chocolate e cheiro de chocolate. Entretanto, ela é livre de cacau, glúten, lactose e açúcar, sendo uma boa opção para intolerantes à lactose, celíacos e diabéticos. A alfarroba possui, ainda, baixo teor de gorduras!

Para as crianças, que ficam eufóricas nessa época, vale salientar que não se deve oferecer chocolate aos menores de 3 anos de idade.  Esse consumo precoce deve ser evitado pelo grande potencial alergênico (causa alergia) desse alimento. Na verdade, uma alergia ao cacau é rara, mas normalmente, nos chocolates mais comuns e consumidos, encontra-se uma lista de ingredientes alergênicos, como soja, leite, oleaginosas (nozes, castanhas, amendoim) , glúten, milho, cafeína e muitos aditivos (corantes, essências, conservantes, aromatizantes). Além disso, jamais se deve estimular o paladar doce nas crianças. Se o estímulo ocorre, a criança passará a recusar alimentos não tão doces.

Tanto para as crianças, como para os adultos, o consumo deve ser limitado a 30 g por dia e a escolha deve ser o chocolate com maior concentração de cacau e sem recheio. As crianças ganharam muito chocolate? Divida em pequenas porções (30g) e ofereça aos poucos.  Estimule toda a família (incluir as crianças é essencial) a brincar de formas diferentes. Brinquem com troca de chocolate amargo para todos, façam um fondue com frutas e deixem os chocolates trocados para a sobremesa da Páscoa!

Já sabe qual deve ser a sua escolha para a Páscoa, não é? Chocolate de verdade, rico em concentração de cacau e, consequentemente, menor porcentagem de açúcar e leite.

Rachel Carvalho

Nutricionista - CRN 10100324 // Facebook: @nutricaosemsegredo // Instagram: @nutricaosemsegredooficial // contato@nutricaosemsegredo.com.br

gordura saudável
Gordura faz bem e deve fazer parte da sua alimentação
fome emocional
Fome Emocional: Você Sabe Identificá-la?
alimentação intuitiva
Alimentação Intuitiva: Ouça seu Corpo e Pare Já Com as Dietas
dieta vegetariana
Dieta vegetariana: mitos e verdades
Aprenda a fortalecer os joelhos com yoga
Déficit de natureza afeta a saúde das crianças
florais de bach
Equilibrando as emoções com florais de Bach
check-up regular
A importância do check-up na prevenção de doenças
pilates e corrida
Pilates e Corrida: uma combinação eficiente
defesa pessoal
Defesa pessoal para mulheres
bike-friendly
Conheça as 20 cidades mais bike-friendly do mundo
tipos de yoga
Tipos de Yoga: Descubra qual combina mais com você
psicoterapia
Psicoterapia Vibracional: reencontre sua essência
3 dicas para transformar um fracasso em oportunidade
alimentos processados
Alimentos processados: por que fugir deles?
Cosméticos: veja como se cuidar sem crueldade
aulas gratuitas de tênis
Aulas gratuitas de tênis em São Paulo
produtos orgânicos com a komborgânica
Produtos orgânicos mais acessíveis com a Komborgânica
Aulas de culinária vegana
Aulas de culinária vegana gratuitas em São Paulo
Cozinha colaborativa
Pague o quanto quiser na cozinha colaborativa da Ecozinha
Ashram Vrajabhumi
Festival de 25 Anos do Ashram Vrajabhumi
Retiro de Yoga e Equilíbrio Emocional na Serra
yoga
Yoga de vários estilos na Conferência Carioca de Yoga
Corrida do Bem
Participe da Corrida do Bem no Rio de Janeiro

Receba nossas newsletters

Cadastre-se para receber as matérias do Leve pra Vida por e-mail.
Nome
E-mail
Secure and Spam free...